MOCHILA ESCOLAR INFANTIL COM RODINHAS E LANCHEIRA, PREÇO

Para o período escolar, comprar o kit mochila escolar infantil com rodinhas e lancheira é um item muito prático e moderno para o transporte dos materiais escolares da criança com muito mais segurança, sem forçar os ombros das crianças.
São vendidos vários modelos de mochila escolar infantil com rodinhas e lancheira, com os personagens dos desenhos mais famosos do mundo infantil, e tem um tamanho ideal para cada tipo necessidade. Uma excelente opção é o kit mochila escolar infantil com rodinhas e lancheira que vem equipado com rodinha tripla especial, reforçada para as crianças que precisam subir escadas ou calçadas. O kit mochila escolar infantil com rodinhas pode ser encontrado para comprar em vários sites de vendas de materiais escolares na internet por preços a partir de R$ 200,00. Veja fotos de Mochila escolar infantil com rodinhas e lancheira







ARTE, O QUE É, CONCEITO, DEFINIÇÃO E SIGNIFICADO, PARA QUE SERVE

A arte é o uso de habilidade e imaginação para criar objetos, experiências, melodias ou ambientes, a fim de alcançar o prazer estético no observador. Tradicionalmente se diz que a arte alimenta a alma, e aqueles que fazem esta afirmação não estão errados. Vendo uma obra de arte, uma pessoa pode ser tocada por ela, e pode sentir que está sendo transportada para outros tempos e lugares, reais ou imaginários; arte provoca admiração. Diz-se que a capacidade de distinguir o belo do feio é uma capacidade humana inata, mas o certo é que os valores estéticos mudam de cultura para cultura, e alguns pensadores que se refere à definição da arte como sendo um dos maiores problemas da filosofia; Portanto, a arte e sua percepção será sempre subjetiva.

Desde a época clássica e muito antes, a humanidade vem praticando a arte em suas várias formas e expressões. Desde o primeiro ser humano com inteligência, em cavernas imprimiu sua interpretação e definição da realidade tanto externamente (para os sentidos, tal como apresentado) e interna (sua percepção subjetiva da realidade, através de símbolos e representações abstratas); até mesmo a pesquisa moderna indica que a origem da arte é entópica, ou seja, derivada de experiências subjetivas ou internas do tempo, eles transcreveram suas percepções e 
experiências espirituais graficamente . Desde os primeiros dias até hoje, a arte é o reflexo de quem somos e o que estamos vivenciando.


No início da história da arte, ou seja, a partir dos relatos escritos em que o conceito de arte está, presente, entendeu-se a arte de uma habilidade particular, geralmente manual ou musical bem desenvolvida em uma determinada pessoa. O conceito evoluiu então acentuadamente no período romântico, onde é dada uma qualidade "metafísica" à atividade artística, e, portanto, a sua definição acaba se complicando, deixando-a para a filosofia, religião e a ciência. Uma boa definição contemporânea bastante equilibrada em termos históricos sobre o conceito de arte pode ser traduzido assim: a arte é um produto da atividade humana capaz de estimular os sentidos e a mente, produzindo emoções e idéias. De qualquer forma, essa questão é altamente subjetiva, e pode ter conclusões infinitas.

Todas as épocas na história, pela mesma razão, se cultivava um tipo de arte. O perríodo clássico foi rigoroso com as formas humanas. O homem era o centro de tudo. Em seguida, eles estavam desenvolvendo o românico, o bizantino, renascentista, barroco, realismo, surrealismo, etc Muitos estilos de arte têm sido desenvolvidos, mas cada um deles tem maravilhado e tocado seus contemporâneos, precisamente porque a arte a partir de um certo ponto de vista tem um valor universal e atemporal: por um lado representa e identifica um estado ou tempo específico, fazem viver o que a sociedade e as pessoas da época viviam, e, além disso, a arte tem a capacidade de resgatar a natureza humana imutável, sonhos, esperanças, alegrias e tristezas.

Com o passar dos séculos, foi se depurando o conceito de arte. Sobretudo a visão que teve em sua exposição e valor de mercado que pode chegar a explodir, e agora a final do século XVII, começou a conceituar a idéia de obras exibem maciçamente de arte, com finalidade recreativa e durante as compras. Ao mesmo tempo, surgiram as primeiras escolas sérias e superlotadas, para as partes interessadas e, acima de tudo, dotado, pode aprender as habilidades necessárias para se tornar verdadeiros mestres de suas técnicas artesanais.

Entre as disciplinas de arte atualmente consideradas estão: arquitetura, artesanato, dança, decoração, design, desenho, pintura, moda, cinema, literatura, música (todos os gêneros e expressões) , fotografia, poesia, escultura e teatro. A classificação de todas as formas de atividade humanas que temos hoje é tema de debates constantes, mas não poderia ser menos, para um tema tão cativante e alusivo como é a  arte.

EXISTE ALGUM TIPO DE ATIVIDADE FÍSICA QUE NÃO ESTEJA RELACIONADA A ESPORTE?

Será que existe alguma atividade física que não esteja relacionada ao esporte? Essa é pergunta interessante, até por que nem todas as pessoas estão dispostas a praticar uma atividade esportiva no seu dia a dia e quantidade mínima de exercícios para prevenção de doenças é de 30 minutos por dia. Então a resposta para essa pergunta é sim, existem sim atividades físicas que não estão relacionadas a pratica de esportes, um exemplo disso é, por exemplo é, quando for ao trabalho em vez de descer próximo, desça uma parada antes, para fazer uma caminhada até o trabalho. E na volta é só fazer a mesma coisa. Nesse caso você estará fazendo uma atividade física moderada, sem, no entanto, estar praticando um esporte.


O QUE ACONTECE COM QUEM NÃO DECLARA O IMPOSTO DE RENDA?

Quem deixa de enviar a declaração de rendimentos para o cálculo do imposto de renda estará sujeito a pagar uma multa mínima de R$ 165,74, limitada a 20% do imposto devido. Para aqueles que se encontra nessa situação, a Receita Federal disponibiliza sempre em seu site na internet o download de um programa específico do ano para quem vai fazer a declaração em atraso. Esse programa calcula também, a multa a ser aplicada ao contribuinte em atraso. Assim que transmitir a declaração em atraso, o contribuinte receberá do programa a Notificação de Lançamento da multa.
 Então, com o boleto da multa em mãos, o contribuinte terá o prazo de 45 dias, a partir da entrega em atraso, para efetuar o pagamento. Se o documento não for pago até o prazo, haverá incidência de juros de mora (com base na taxa Selic). O Darf (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) deverá ser atualizado para o novo valor.
Além da multa como penalidade, o contribuinte que não declarar o Imposto de Renda estando obrigado a fazê-lo, poderá ter o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) suspenso. Segundo o supervisor nacional do imposto de renda, Joaquim Adir,  a suspensão do documento pode trazer também restrições ao acesso a serviços nos bancos como a obtenção de financiamentos, por exemplo. Ele explica que num prazo médio de um ano, a pessoa que não declarar informações para a Receita Federal terá seu CPF suspenso.

Para você ter certeza de que está em dia com o leão, o cidadão deve acessar a consulta de sua situação fiscal disponível no site da Receita. O contribuinte também poderá verificar como está a validade do seu CPF nesse link.

É VERDADE OU MITO QUE MULHER GRÁVIDA COM MUITA AZIA TERÁ BEBÊ CABELUDO?

Será que mulher grávida com muita azia vai ter bebê cabeludo?
Essa é uma crença popular que é muito difundida, e muitos acham que isso é uma verdade absoluta, mas é mito. Mas o que vai definir se um bebê vai ser cabeludo ou não é a genética e não se a gestante (grávida) teve muita ou pouca azia durante a gravidez. Isso não tem nada a ver! A azia em grávidas normalmente acontece quando os alimentos que estão sendo digeridos pelos sucos gástricos (que são  osácidos) do estômago provocam um pequeno refluxo, fazendo voltar pequenas porções para o esôfago novamente. Como esse conteúdo é ácido ele provoca aquela sensação de queimação, azia.
No começo da gestação, as altas taxas de hormônios comuns da gravidez (progesterona, por exemplo) irritam e relaxam a musculatura do estômago. Como consequência disso, ocorrem os refluxos do estomago para o esôfago, gerando essa sensação de azia. No final da gestação, o útero está bem maior  e acaba pressionando bastante o estômago causando assim esse refluxo estomacal que resulta da azia.
Para evitar o aparecimento da azia a mulher grávida precisa ter uma alimentação muito balanceada. Alimentos como massas, frituras,  refrigerantes, e massas pioram muito o refluxo e consequentemente provocam a azia.

QUANDO UMA PESSOA MORRE O QUE FALAMOS AOS SEUS PARENTES E FAMILIARES?

Quando uma pessoa morre o que devemos falar aos seus parentes, entes queridos e familiares não é uma tarefa fácil, você se depara com o difícil desafio de encontrar as palavras certas nessa hora tão difícil. E por mais difícil que seja lidar com a morte, é ainda mais difícil de mostrar sua simpatia nesse momento tão sofrido, sem a pessoa se sentir ainda pior. É impossível suprir a perda da pessoa ou acabar com sua tristeza. Sua presença, seu conforto e algumas palavras certas propiciarão o que a pessoa mais precisa neste momento.
Entenda que a morte é uma parte natural da vida e as pessoas têm de lidar com isso. Funerais podem ser tempos sombrios, mas é também uma oportunidade de rever parentes, se reaproximar de entes queridos.
Ao tentar encontrar as palavras certas para lidar com a morte, lembre-se de ter sensibilidade. Dê a sua simpatia para com seu amigo amigo, chegando de forma para ajudar. Não tenha receio de ligar para seu amigo ou amiga e dizer que você está pronto para ajudá-lo(a), seja com um ombro amigo ou ajudar mesmo nas partes burocráticas, como cuidar de documentos, organização das coisas e tudo mais que for necessário.
Nada pior do que chegar para a pessoa e dizer frases como “Eu sinto muito pela sua perda”, isso não ajuda em nada, “Meus pêsames” ou frases parecidas. Tais frases trazem ainda maior sofrimento para eles. É importante que você apenas mostre que está ali ao seu lado e seja carinhoso: dê um abraço bem apertado, fique perto da pessoa, ouça o que ela tiver para dizer, converse com ela, seja o ombro para a pessoa chorar e ser acarinhada e consolada.

O QUE ACONTECEU COM A ARCA DA ALIANÇA DE DEUS SEGUNDO A BÍBLIA, O QUE ELA GUARDAVA

O que será que aconteceu com a Arca da Aliança, o que tinha dentro, foi encontrada, ainda existe?
O que aconteceu com as Tábuas da Aliança originais, que foram trazidas por Moisés do Monte Sinai? Onde ela está hoje? Estas questões foram  examinadas em detalhes pelo filme de Hollywood "Os Caçadores da Arca Perdida", mas gostaríamos de ouvir a verdadeira história, certo?

Vamos analisar então.

O que você está realmente perguntando sobre o que aconteceu com a Arca da Aliança, uma vez que os mandamentos foram colocados no seu interior e nunca são mencionados separadamente novamente. Incrível como muito interesse tem sido despertado na Arca desde que Harrison Ford
interpretou o arqui [sem trocadilhos] -etypical arqui [ainda sem trocadilhos] -eologist.

Primeiro, o que foi exatamente a Arca da Aliança?

Era uma caixa de madeira, com desenho do que é descrito em Êxodo 25: 10-22 e da construção em Êxodo 37: 1-9, construído pelos Filhos de Israel após o êxodo do Egito, depois que Moisés recebeu os Dez Mandamentos no Monte Sinai (em torno de 1280 aC, mais ou menos um pouco). O tamanho da arca é dada em cúbitos, mas seria de cerca de 4 pés x 2,5 pés. A Arca mostrada no filme era muito grande, mas por outro lado muito perto do original. A arca foi aberta, mas coberta por uma laje revestida em ouro e decoradas com dois querubins, com as asas estendidas. Não pense de querubins como os anjos do bebês bonitos da Idade Média; hoje ninguém sabe ao certo, mas o consenso dos estudiosos é que um querubim foi, provavelmente, um leão alado com uma cabeça humana, de modo que o filme tem errado, também, com toda a probabilidade.

Na Arca eram guardados as tábuas de pedra com os originais dos Dez Mandamentos ... nada mais. Idéias fantasiosas que detinha a vara de Arão (aquele usado para fazer os milagres no Egito) e outros itens mágicos são combatidos por I Reis 8: 9 ... ele só tinha as tábuas dos dez mandamentos. Isto é consistente com evidências bem documentadas de que os documentos legais foram colocadas em "lugares sagrados" em todo o antigo Oriente Médio, simbolicamente ressaltando sua importância.

Em segundo lugar, o que aconteceu com a sua história bíblica conhecida ?

A Arca da Aliança viajou com os israelitas durante os 40 anos no deserto. Dois postes foram colocados através de anéis de ouro ao lado para levá-lo (o filme fez parte direita). Depois de os israelitas conquistarem a terra de Israel, a Arca não é mencionada muito, mas, presumivelmente, viajou um pouco de cidade para cidade. Em um dado ponto, foi dada a uma família para ser cuidada, e, por isso se acalmaram. Em última análise, o rei Davi trouxe a Arca da Aliança para Jerusalém, algo em torno de 1000 a.C.

Por volta de 930 aC, a Arca foi colocada no Templo de Jerusalém construído pelo rei Salomão, onde ficou permanentemente na sala de centro, chamado de Santo dos Santos. Ele recebeu a visita do Sumo Sacerdote no primeiro dia de cada ano (Yom Kippur, o dia mais sagrado do ano), e assim foi principalmente fora de vista. A Arca não é mencionado na Bíblia novamente, com exceção de uma breve referência durante o reinado do rei Josias (640-609 a.C.).

Em 587 aC, os babilônios invadiram Jerusalém e destruíram o templo. Nesse ponto, a Arca desaparece da história. Os judeus reconstruíram o templo cerca de 70 anos mais tarde, mas não há nenhuma menção da Arca nos livros de Esdras e Neemias, que descrevem a reconstrução do templo, e a opinião geral é que a Arca não estava lá ou eles teriam mencionado.

Em terceiro lugar, embora você não vá perguntar, deixe-me responder de qualquer maneira: poderia fazer mágica, destruir exércitos, etc, como no filme?

OK, vamos começar por dizer que a própria Arca foi considerado um item sagrado. Muito poucos objetos no judaísmo (ou no Antigo Testamento) são considerados sagrados - lugares, sim; tempo, sim; mas muito poucos objetos.

A Bíblia não descreve nenhum "mágica" sobre a Arca de Deus, se se comunica com Moisés de cima, (Êxodo 25:22).; depois, da mesma forma para Solomon, de modo que o autor depois de I Crônicas 2.28: ". descreve a Arca poeticamente como o escabelo do trono de Deus". No entanto, Deus nunca é mencionado estando na Arca ou se era um meio de falar com Ele.

Assim, a Torá não menciona nenhuma "mágica" em conexão com a Arca, mas há duas histórias interessantes posteriores.

- Em I Samuel 13, os israelitas estavam lutando contra os filisteus, e trouxeram a Arca da Aliança para a batalha para inspirá-los. Os filisteus venceram a batalha e capturaram a Arca da Aliança (tanto para a afirmação do filme que a Arca lutou e venceu batalhas para os israelitas) ... no entanto, trouxe má sorte (ou ira divina, como você preferir) - seu principal ídolo, Dagon, continuava a cair sobre (slapstickish que pareça, eu não estou inventando isso, os autores bíblico (s) tinham um senso de humor) e eles foram derrotados por todos os tipos de doenças e pragas. Então, sete meses depois, eles trouxeram a Arca da Aliança de volta para os israelitas e disseram, aqui nós não queremos mais nada. O texto é muito claro, e dizem que estas perturbações vêm da ira de Deus, e não de qualquer magia inerente à própria Arca.

- Em II Samuel 6: 3-7, quando David está levando a Arca para Jerusalém, Uzá, filho de Abinadabe, inadvertidamente toca a Arca quando estava sendo movida (de acordo com a repescagem em Crônicas, porque estava balançando e parecia que poderia cair fora do carro - Eu acho que não estava sendo levado pelos cabos), e caiu morto.

Erich Von Daniken, o cara que pensa que as histórias da Bíblia falam de visitas de alienígenas no espaço exterior, afirma que a Arca da Aliança era um gerador elétrico de algum tipo, com os anéis do lado (para os pólos) usado para criar um eletroímã; um microfone permitia que os aliens conversassem para com os sacerdotes através da Arca (surpresa! a voz de Deus!) ... e pobre o pobre Uzá teria sido eletrocutado. A maioria das pessoas acha que isso é uma idéia muito imaginativa, escusado será dizer. Eu não me lembro o que Von Daniken pensa sobre as pragas trazidas sobre os filisteus.

Assim, o filme sobre a Arca toma algumas liberdades em seu final com efeitos especiais.

Então, finalmente, chegarmos à sua pergunta: onde a Arca da Aliança está agora?

A resposta mais provável é que os babilônios a tenham derretido como o ouro quando depois que destruíram o Templo em 587 a.C. Eles não eram o que se poderia chamar de "sensíveis" aos itens históricos dos reinos conquistados, e o ouro era mais valioso do que uma caixa bonita.

Há, é claro que há outras opiniões.

Existe uma lenda rabínica (escrito cerca de 100 a.C, mas, presumivelmente, mais velhos) que isso, de que quando os babilônios invadiram o templo, os sacerdotes tenham arremessado a Arca para o céu, e Deus levou-a de volta para o céu. Modernistas acham que é um pouco difícil de aceitar literalmente essa possibilidade, acham que a gravidade é muito mais eficaz do que a fé quando se trata de mover montanhas - eh, desculpe, para as Arcas.

O livro apócrifo 2 Macabeus (mais uma vez, cerca de 100 aC), sugere que a Arca foi escondida pelos sacerdotes para salvá-la dos babilônios, e está em uma caverna em algum lugar perto do Mar Morto ... ou talvez no que é hoje a Cisjordânia ... no Monte Nebo.

Outros dizem que a Arca da Aliança foi escondida pelos sacerdotes em uma caverna secreta sob o Monte do Templo, esculpido por Salomão (ou talvez pelo rei Josias, 640-609 a.C).

Em 1991, um jornalista chamado Graham Hancock escreveu um livro chamado "sinal e selo", alegando que a Arca da Aliança está em uma pequena igreja no deserto na Etiópia. Ele diz que a Arca foi realmente roubada pelo filho pária de Salomão, levado para a Etiópia, e aí mantida em segredo por um culto judaico. Os Cavaleiros Templários teriam vindo junto, pensando que a Arca era o Santo Graal (eu não entendo muito bem essa parte), os judeus convertidos ao cristianismo, e mantiveram a Arca da Aliança em uma igreja ... oculta, invisível, nem sequer vista por um fiel (este tem o eco poético da Arca bíblica não ser tocada, e só ser visto pelo Sumo Sacerdote). Esse programa de TV sobre Perdidos Mistérios (esqueci o nome) teve um episódio baseado no livro de Hancock. A história de Hancock, bastante interessante e bem contada, tem o problema que ele nunca viu a Arca também ... ele só viu a igreja, e que não iriam deixá-lo entrar. Então, em quem vais acreditar?

Arqueólogos mais sérios e historiadores pensam que a hipótese de Hancock é muito fraca.

Isso aqui é provavelmente mais de um resumo do que você gostaria de saber, mas a arqueologia bíblica é um tema fascinante.